Carícias

Cada palavra dita, cada gesto de bondade, cada carícia ou cafuné está inscrito em nosso ser. Nós não podemos perder a ternura, o afeto e o amor que recebemos.
Eles sempre, sempre vão estar aí, nutrindo cada pedaço do seu ser, mantendo a chama da vida acesa, independente do que esteja acontecendo ao seu redor. Como uma lenha que não se consome nunca, alimentando o fogo no mais frio inverno.
Tudo que você precisa fazer é se achegar perto da lareira com uma xícara de chocolate quente.
Solta, solta tudo, deixa os problemas de fora e deixa aquele colo, aquele cheiro no cangote e aquela ansiedade gostosa que você sentiu antes do primeiro encontro no cinema fazerem o trabalho.
Deixe o calor fluir do seu coração para todo o corpo, tornando certo aquilo que era errado, tornando inteiro aquilo que estava quebrado.
Perceba, agora está tudo bem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *